quarta-feira, 3 de junho de 2009

Eu

Sou eu que sonho acordada. Eu que não suporto o mundo. Que quando deito não descanso. Ah, se eu parasse de sonhar o sonho alheio e pudesse sonhar meu próprio sonho. Olharia no espelho e veria, Eu, o mundo.

Um comentário:

Karinna. disse...

quem me dera descansar! ah, quem me dera!!