segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Fala!

Vamos falar de sexo, vamos falar de masturbação. Vamos falar alto tudo aquilo que falam baixo. Tudo que mudam a palavra para não virar palavrão. Vamos sim! Vamos falar de drogas, luxúria, sexo, morte, depressão. Vamos falar de política, futebol, religião. Falar, falar, falar besteira, para não falar em vão. Vamos sentar na mesa, bem na calçada do bar, e vamos falar de cada moça que passar. Ou rapaz. Por que não? Vamos falar sem vergonha, sem vergonha, Pois já carregamos por demais essa herança de calar. Pra que? Só para não comentar a moça passar?

3 comentários:

Anônimo disse...

Boca no Mundooo!
=D


Bjo

AnaLoo disse...

É bom ver um verso em prosa de qualidade logo nesses dias em que eu ando tão revoltada com gente que acha que escrever qualquer porcaria com rima pobre e frases sem sentido é fazer poesia...

(Por isso eu quase não me atrevo...)

Pablo disse...

Olha, eu nem sei o que dizer... Você me mata de orgulho, menina!

Beijos